Vida Literária II
Powered by WebRing.


 
 

INAUGURAÇÃO DO ESPAÇO CULTURAL CASIMIRO DE ABREU

 

 

Neste final de semana, dias 01 e 02 de maio, das 10h às 22h, haverá espetáculos de teatro, música, dança, circo, além de exposições de artes visuais, foto, vídeo, graffite e vivências de intervenções urbanas, como a prática de Parkour. O evento vai reunir cerca de 20 grupos envolvendo mais de 150 artistas.

A idéia geral é, além de trazer o público para dentro do espaço, também levar os artistas para a rua e interagir com as pessoas.


ESPAÇO CULTURAL CASIMIRO DE ABREU
Rua Onze de junho, 521 - Bairro Casa Branca
Santo André - SP - (11) 2805-2808

 

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 22:02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

REVISTA POIESIS: LANÇAMENTO

 

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 17:32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

6º SARAU CAIÇARA

 

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 17:31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

SARAU LÍTERO-MUSICAL COM MARIZE CASTRO

 

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 17:29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

LANÇAMENTO: ALGUÉM PARA AMAR NO FIM DE SEMANA, DE LUIZ ROBERTO GUEDES

 

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 17:27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

NOVO LIVRO DE MARCELO SAHEA: NADA A DIZER

 

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 17:25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

LIVRO ELETRÔNICO: ALERTA, ESCRITORES, POR ADEMIR ASSUNÇÃO

  

A questão está posta, é importantíssima, por isso, reproduzo o texto que o Ademir Assunção publicou no Espelunca.

 

Saiu matéria na Folha de São Paulo sobre o livro eletrônico, que começa a entrar no mercado editorial brasileiro. O texto diz que os livros nacionais ainda são pouquíssimos no formato eletrônico. Por quê? Eis o trecho que mais interessa a nós, escritores: “O livreiro é um dos que defendem que o maior nó no mercado é a rediscussão dos direitos autorais. ‘O medo está aí. Isso vai inundar o Judiciário’”. O livreiro é Pedro Herz, dono da rede de livrarias Cultura. (grifo meu).

 

Nem todo mundo sabe, mas os autores ganham apenas 10% do preço de capa de cada livro vendido. 10%. Os outros 90% ficam com editoras, distribuidoras e livreiros. 10% é o padrão. Mas há editoras que chegam a pagar 3%. Quando falo isso para leitores que não fazem a menor idéia como funciona a remuneração de direitos autorais no Brasil, muitos ficam espantados, outros indignados.

 

A entrada do livro eletrônico é uma ótima oportunidade para os autores rediscutirem seus direitos autorais. Ouçam bem: é uma ótima oportunidade. As grandes livrarias já estão pressionando as editoras para venderem livros de seus autores em formato eletrônico. As editoras já estão procurando os autores para assinarem adendo aos contratos autorizando a venda em formato eletrônico.

 

Conversei com um advogado especialista em direito autoral essa semana. O livro eletrônico foi um dos temas da conversa. Perguntei a ele o que os autores devem fazer em relação às autorizações para comercialização do livro eletrônico. Ele foi claro e taxativo: “Enquanto não redefinirem a remuneração dos direitos autorais, não assinem. O livro eletrônico não tem custos que justifiquem manter os direitos autorais em apenas 10%”.

 

A matéria da Folha diz que os representantes de cada setor da cadeia produtiva do mercado editorial já estão discutindo a questão. Eu pergunto: quem representa os escritores nessas discussões? A Academia Brasileira de Letras? A União Brasileira dos Escritores? Algum escritor foi procurado para se manifestar?

 

O advento do livro eletrônico vai provocar grandes mudanças no mercado editorial. Entre outras coisas, vai diminuir os custos de produção dos livros e também os custos de venda pelas livrarias. Tanto escritores, quanto editores, podem fazer vendas diretas em seus sites, a custos quase zero. Essa é uma boa alternativa caso não haja acordo justo em relação ao pagamento de direitos autorais. A pressão vai ser comercial. Em resumo: há todas as condições para o preço do livro diminuir bastante (vantagem para os leitores) e o pagamento de direitos autorais subir bastante (vantagem histórica para os escritores).

 

Por isso, está dado o alerta: escritores em geral: não sejamos bobos. Não assinemos nenhum contrato enquanto não houver uma discussão aberta sobre direitos autorais de livro eletrônico e um acordo justo. Não caiam na balela de que estamos nos tempos de “quebra de autoria, compartilhamento de informações”, argumento que está sendo utilizado por alguns comerciantes de livros. Eles não vão “compartilhar” nossos livros. Eles vão vendê-los.

 

Alguns editores já compreenderam a necessidade dessa discussão com seus autores. Já perceberam que se marcarem touca vão beirar a falência, como aconteceu com as gravadoras. São poucos. E provavelmente vão tentar acordos individuais com os autores.

 

Eu vejo a grande oportunidade de tomarmos uma decisão coletiva. Uma decisão dessa forma vem com muito mais força. Podemos fechar um acordo que beneficie a todos. É uma oportunidade única.

 

É uma oportunidade única para os editores e livreiros também mostrarem que se preocupam de fato com os autores, que os vêem de fato como “parceiros” (termo da moda).

 

Alguém aí já se deu conta que na “cadeia produtiva do livro” (outro termo em moda), o único que não é profissional (no sentido de viver do seu trabalho) é o escritor? O livreiro é, o distribuidor é, o editor é, o gráfico é, o balconista da livraria é. Menos aquele que produz a matéria-prima para o trabalho de todos os outros da tal “cadeia produtiva”.

 

Pensem bem nisso. Caso não haja acordo justo, nada impede que num futuro muito próximo os próprios autores se organizem, criem uma editora virtual, e vendam seus livros diretamente, ganhando 80, 90% de direitos autorais.

 

Peço aos que entenderam o que diz esse texto que se manifestem. Que passem adiante. Que republiquem em seus blogues. Que discutam nos bares (não é assunto “chato”, não. Diz respeito ao nosso trabalho). Que ampliem essa discussão e pensem formas de partirmos pra ação.

 

É a hora.

 

 



Categoria: Vida Literária
Escrito por mm �s 01:37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

URANIANO MOTA NO COLÓQUIO ESCRITAS DA VIOLÊNCIA 2010

 

COLÓQUIO ESCRITAS DA VIOLÊNCIA 2010


Data: 29 e 30 de abril

Local: Universidade de São Paulo – FFLCH
Prédio de Letras, Sala 266


29 de abril, às 9h
abertura
U
rariano Mota - Soledad Barrett no Recife: uma história de memória, coragem e coração

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 23:40
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

SEMINÁRIO HÉLIO OITICICA - MUSEU É O MUNDO

 

 

Entre os dias 28 e 29 de abril, o Itaú Cultural realiza o seminário Hélio Oiticica - Museu É o Mundo, com organização e mediação de Felipe Scovino. O evento promove reflexão e debate com a presença de intelectuais de diversas áreas, artistas e pesquisadores que conviveram com Oiticica e possuem trabalhos sobre sua produção. O seminário pretende ampliar o espaço para a troca de ideias entre os convidados e o público sobre um dos mais significativos artistas da contemporaneidade.

Participe! Se não puder comparecer, assista à transmissão ao vivo no site
www.itaucultural.org.br.

Clique aqui para mais informações sobre as mesas e os participantes.

Seminário Hélio Oiticica - Museu É o Mundo
quarta
28 a quinta 29 de abril
organização e mediação
Felipe Scovino


quarta
28
16h
exibição do filme Guerra e Paz "Apocalipopotese"
[Raymundo Amado, 1968, 16 mm, 15 min]
mesa
Qual É o Lugar da Invenção de Hélio Oiticica na Crítica de Arte?
com
Beatriz Scigliano, Katia Maciel e Paula Braga


19h
mesa A Prática da Escrita: Um Arquivo em Constante Dobra
com
Frederico Coelho, Sérgio Martins e Tânia Rivera


quinta
29
19h mesa
O Hélio Plural: Os Diferentes Meios de Produção do Artista
com
Andreas Valentim, César Oiticica Filho e Fernando Cocchiarale


entrada franca - ingressos distribuídos com meia hora de antecedência

Sala Itaú Cultural | Avenida Paulista 149 - Paraíso - São Paulo SP [próximo à estação Brigadeiro do metrô]
informações
11 2168 1777
| www.itaucultural.org.br | twitter.com/itaucultural

 

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 23:30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

SHOW NO AR, COM VALÉRIA OLIVEIRA

 

 

Show No ar, com Valéria Oliveira, no I Encontro de escritores da língua portuguesa de Natal


Data: 29/04/10, às 19h
Local: Teatro Alberto Maranhão – Ribeira - Natal

 

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 23:28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

LABORATÓRIO DE AUTORIA ASCENSO FERREIRA

 

 

Laboratório de Autoria Ascenso Ferreira
SESC Santa Rita – Recife/PE

 

Dia 29, às 19h30

Abertura do Plano de Ação Estético Literário do Laboratório de Autoria Ascenso Ferreira – Literatura Brasileira.

Local: Salão de Festas do 3º andar (SESC Santa Rita)

Convidado/Mediador: Profº. Lourival Holanda - PE
Tema: Affonso Romano de Sant’Anna: o crítico e o poeta.

Convidado: Escritor Affonso Romano de Sant’Anna - RJ
Tema: Que Pais é este / Que Poeta é este?, Uma conversa sobre poesia e vida social.

Lançamento do Calendário de Atividades Literárias do SESC – Ações do Laboratório de Autoria Ascenso Ferreira.

Intervenção poética com Susana Morais e Quiercles Santana

 

Dia 30, às 19h30

Abertura dos Planos de Ação Estético Literário do Laboratório de Autoria Ascenso Ferreira - Literatura Africana de Língua Portuguesa.

Local: Salão de Festas do 3º andar (SESC Santa Rita)

Convidada/Mediadora: Prof.ª Zuleide Duarte - PB
Tema: A emergência dos estudos africanos e o papel pioneiro de Rita Chaves

Convidada: Prof.ª Rita Chaves – SP
Tema: África e Brasil: trânsitos culturais

Convidada/ Mediadora: Prof.ª Elisalva Madruga – PB

Lançamento do Calendário de Atividades Literárias do SESC – Ações do Laboratório de Autoria Ascenso Ferreira.

 

Confira o Calendário de Atividades Literárias 2010

 

Serviço:
Laboratório de Autoria Ascenso Ferreira
SESC - Unidade Santa Rita
Rua Cais de Santa Rita,156 - São José - Recife/PE
Supervisora de Cultura: Rita Marize Farias
Fone: (81) 3224-7577

 

 



Categoria: Cultura Sempre
Escrito por mm �s 20:17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]




 
 

ALBERT CAMUS

 

 

Albert Camus (1913 – 1960)


“Quando se trata de Albert Camus (1913 - 1960), um escritor cujo talento revelou-se muito cedo, e cuja vida, talvez não por coincidência, durou pouco: a ele se aplica perfeitamente o clássico aforismo: aqueles a quem o deuses amam morrem jovens [...] mas o componente político é o de menor importância na obra de Camus. A condição humana é o seu grande tema e ele aborda-o com os condicionamentos de sua origem. A lembrança da Argélia, da  miséria da Argélia, do mar da Argélia, do sol da Argélia, retorna constantemente a suas páginas. O sol é capaz de neutralizar as vicissitudes históricas: 'A miséria impediu-me de acreditar que tudo vai bem sob o sol e na história; o sol ensinou-me que a história não é tudo'. Significativas palavras, sobretudo para nós, brasileiros, que ouvimos tantas acusações ao trópico como fator causador de nosso atraso”.

Introdução de Moacyr Scliar para a edição brasileira de O avesso e o direito

 

Obras

  • Trechos de O mito de Sísifo

  • Trechos de Estado de sítio

  • Trechos de A inteligência e o cadafalso e outros ensaios

  • Trechos de O Homem revoltado

  • Trechos de Diário de viagem

  • Trechos de A Peste (em inglês)

  • Trechos de A Peste (em espanhol)

  • Trechos de O Estrangeiro (em inglês)

  • Trechos de Between hell and reason: essays from the Resistance newspaper Combat, 1944-1947

 

Multimídia

  • Dossier Albert Camus (vídeos em francês)

  • Camus fala sobre sua paixão pelo teatro (vídeo em francês)

  • Cena de O Estrangeiro , adaptação cinematográfica feita por Luchino Visconti

  • Killing an Arab , do grupo The Cure, canção inspirada em O Estrangeiro

  • Albert Camus e o futebol

  • Reportagem da televisão francesa sobre os 50 anos da morte de Camus

 

Fonte: Boletim PNLL nº 202

 



Categoria: Interseções
Escrito por mm �s 19:39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ] [ ]


[ p�gina principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Homem, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros

Central Blogs

Meu blogue Liras, Musas & Aedos

Visit the Widget Gallery

Meu blogue Vida Liter�ria I

Visit the Widget Gallery

Hist�rico
Categorias
  Todas as Categorias
  Fala, poesia!
  Cultura Sempre
  Vida Literária
  Interseções
  Imagens
Outros sites
  Liras, Musas & Aedos
  Vida Literária por Marcilio Medeiros I
  Marcilio Medeiros myspace
  Notícias de Cultura
  UOL - O melhor conteúdo
  Interpoética
  Germina - Revista de Literatura
  Correio das Artes
  Garganta da Serpente
  Revista A Cigarra
  Nós Pós
  Agulha - Revista de Cultura
  Claudio Daniel Cantar a Pele de Lontra IV
  Djanira Silva
  Linaldo Guedes Zumbi escutando blues
  Nydia Bonetti Longitudes
  Sabugilândia
  À Flor da Terra
  Jorge Vicente Amoralva
  Ana Carla Vannucchi
  Poema/Processo 1967
  Moacy Cirne Balario Porreta 1986
  Lau Siqueira Poesia Sim
  Recalcitrante por Meg
  Franklin Jorge
  Marcelino Freire eraOdito
  Micheliny Verunschk Ovelha Pop
  Alexandre Melo
  Eunice Duarte
  Xico Sá o carapuceiro
  Renata Nassif Fênix
  Romério Rômulo
  Rafael Coelho
  Juliana Meira Tem Poema
  Elza Fraga Tempo in-verso
  Mariana Botelho Suave Coisa
  Portal Cronópios Literatura e Arte
  Revista Modo de Usar & Co.
  Revista Zunái
  UBE-PE
  Frederico Barbosa
  Ademir Assunção Espelunca
  Rodrigo Garcia Lopes Estúdio Realidade
  Virna Teixeira Papel de Rascunho
  Wilson Nanini Quebrantos...
  Andréa del Fuego
  Fabiano Calixto Almondegário
  Marcelo Ariel Teatrofantasma
  Antonio Cicero Acontecimentos
  Dirceu Villa O Demônio Amarelo
  Ricardo Aleixo jaguadarte
  Carlos Augusto Lima
  Ricardo Corona Zaúm
  valéria tarelho textura
  Sebo Vermelho
Vota��o
  D� uma nota para meu blog


Digite seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Faça a inscrição no meu feed

Add to Technorati Favorites


Exibir minha p�gina em Verso e Prosa
This site is a member of WebRing.
To browse visit Here.